Engenheiros criam micro robôs que conseguem carregar até 2 mil vezes o seu peso



Engenheiros criam micro robôs

Engenheiros da universidade de Stanford, nos Estados Unidos, criaram robôs em miniatura capazes de puxar e levantar objetos mais de 100 vezes mais pesados do que eles.

O mais forte desses micro robôs pesa 12 g, mas pode puxar objetos até 2 mil vezes mais pesado do que ele, segundo a revista New Scientist.

Utilizando-se a mesma proporção em seres humanos, seria como se uma pessoa pudesse arrastar uma baleia azul, o maior mamífero do planeta.

Outro robô criado pelos pesquisadores pesa 9 gramas, mas pode escalar paredes carregando objetos com mais de 1 kg. O menor dos robôs, com 20 mg e criado com pinças em um microscópio, pode puxar objetos com até 25 vezes o seu peso.

Os cientistas de Stanford mimetizaram uma característica das lagartixas para criar os robôs superfortes. Os engenheiros cobriam os pés dos aparelhos com pequenas pontas de borracha, que entortavam quando eram pressionados.

O movimento aumentava a superfície dessas "garras", melhorando também o grau de aderência deles em relação à superfície na qual os robôs estavam.

Além disso, enquanto uma metade do corpo do robô se move para frente, a outra fica fixa. Isso permite que a máquina consiga subir em paredes sem perder sua aderência.

Os pesquisadores esperam que versões maiores e mais poderosas dos robôs possam ser usadas no futuro em diversas tarefas, como carregar cargas pesadas dentro de fábricas e canteiros de obra, além de resgatar vítimas de desabamentos.


Fonte: Universidade de Stanford

 

Pesquisa Google

Carregando...